quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A luta continua

"Protesto é quando eu digo que algo me incomoda. Resistência é quando eu me asseguro que aquilo que me incomoda nunca mais acontecerá." (Ulrike Meinhof)

"Não confunda briga com luta. Briga tem hora para acabar, e luta é para uma vida inteira." (Sérgio Vaz)

Um poema de Antonio Machado

Todo amor es fantasía;
él inventa el año, el día,
la hora y su melodía;
inventa el amante y, más,
la amada. No prueba nada,
contra el amor, que la amada
no haya existido jamás.
(Antonio Machado)

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Janeiro Poente

Continuo futucando os arquivos. Este vai fazer 20 anos de existência. E a cidade é a mesmo. Leio hoje no Sarau de Manguinhos.



prólogo: Olho D'água

este samba é só porque
minha terra tem primores
mulata palmeira guanabaras
sabiás braços abertos


lado um: VERÃO

me desterro
em tuas águas
e calçadas
tuas veias secas
cicatrizes
do corte de trilhos
e vilas
imersos em janeiro
profundo

me desterram
tuas águas
tuas pás levando
a lama e as ruínas
com que levanto
esta rePresa
de palavras
entre a ladainha eleitoral
e a draga da fé.

teu sangue é água é meu sangue
bebamo-nos
pelos dias que
me tomas
e pelos versos
que te dou
pois se és rio
sou mais


farsa: AVAL

é uma quarta-feira
de cinzas
sem carnaval
tenho um tiro
e uma culatra
e um país que se amassa
como lata de cerveja

reciclável


lado dois: PRESA

presuntos no fundão
putas de ipanema
estupradas no aterro
merda no mar da ilha
do governador
teu comando em bangu um
outro out-door explica:
recuperamos esta rua
durante a noite
para seu conforto
e de teus turistas, rio
que no cio
predam a noite
a madrugada é varada por uma linha menstruada o sol não nasce, o rio se põe, desemboca
em são cristóvão
onde o peão
braços abertos
mãos ao alto
sebastião alvejado
te criva e se curva
ao fRio
de janeiro
fevereiro e março
inverno de 92.